Cabarés de Paris: uma experiência incrível!

É certo que cada pessoa tem sua preferência, mas é preciso admitir que os cabarés de Paris são os melhores e mais charmosos do mundo. Entre os que mais se destacam e ajudaram ao longo dos anos a construir a imagem da noite na Cidade Luz podemos destacar o Lido, o Moulin Rouge, o Crazy Horse e o Paradis Latin. Conheça um pouco mais sobre estes lugares incríveis, o que é uma maneira de se viver intensamente a noite parisiense! 

Cabarés de Paris

O Moulin Rouge é conhecido como o mais tradicional, trazendo sempre referências da chamada belle époque francesa. Ele também é o mais popular, sendo a imagem de fundo das fotos de milhares de turistas que passam por lá anualmente. Já o Crazy Horse possui um espetáculo mais sensual com streap teases, entre outras apresentações que dão a ele o título de mais bonito. Ele é indicado para pessoas que preferem um show mais picante, surpreendendo a todos pela beleza dos espetáculos. 

O Lido é mais conhecido pelo glamour, principalmente por sua localização na Champs Elysées, a avenida mais admirada do mundo. E não decepciona o público em nada, seguindo fielmente o que apresenta ser. É de uma beleza surpreendente! Já o Paradis Latin possui um show mais variado, sendo muito admirado por todos que o conhecem pela sua decoração requintada e história incrível de superação ao vencer tempos difíceis e quase ser destruído. É importante lembrar que nele o show acontece apenas uma vez por noite, o que permite que você fique saboreando tranquilamente o seu jantar mesmo após o espetáculo. Vale muito a pena conhecer e se divertir lá! 

Lembrando que a Minha Paris leva você com todo conforto e segurança para os melhores cabarés de Paris e outros lugares incríveis da França. Conheça nossos serviços!

Entrada gratuita nos museus de Paris

Que a França é um verdadeiro museu a céu aberto, por causa de suas inúmeras obras e prédios históricos, disso ninguém duvida. O que muita gente não sabe é que em Paris é possível ter entrada gratuita nos museus sempre no primeiro domingo de cada mês. Isso mesmo! Se você quiser conhecer as obras de arte mais famosas do mundo (aquelas que aparecem em filmes e nos livros de história), é possível sem gastar. 

Sendo assim, no primeiro domingo de cada mês todos os museus nacionais (públicos) abrem suas portas para todos os visitantes de maneira gratuita. É só chegar (e chegar mais cedo, pois tem sempre um mundo de gente!) e entrar. Os museus que possuem coleções particulares ou aqueles administrados por instituições privadas não fazem parte desta lista. 

São 16 museus com os mais variados temas e coleções, o que possibilita ao visitante conhecer mais profundamente as diversas formas de expressão da arte, em pinturas, esculturas, desenhos, etc. Se você estiver em Paris no primeiro domingo do mês não deixe aproveitar! 

Entrada gratuita nos museus 

Conheça agora a famosa lista de museus com entrada gratuita no primeiro domingo de cada mês e já comece a se programar. Procure escolher aqueles que você mais quer conhecer e não perca mais tempo andando de um lado para outro! 

Centre Pompidou 

Cité de L'architecture 

Cité de L'Histoire de L'immigration 

L'orangerie 

Museu de la Chasse et la Nature 

Museu des Arts-et-Métiers 

Museu d'Orsay 

Museu du Quai Branly 

Museu Eugene Delacroix 

Museu Fontainebleau 

Museu Guimet 

Museu Gustave Moreau 

Museu Hébert 

Museu Moyen-Âge 

Museu Picasso (reinaugurado no final do ano passado)  

Museu Rodin 

Lembrando que a Minha Paris leva você para conhecer todos estes museus e outros pontos turísticos de Paris e região com todo conforto e segurança. Não deixe de conhecer nossos serviços e tabela de preços!

Conheça o Casino que fica bem perto de Paris

O Casino Enghien-les-Bains foi o primeiro da França, construído em 1901 como um lugar que proporcionava uma atmosfera considerada excelente para todos amavam os jogos. Inicialmente a construção era semelhante à proa de um veleiro, como se estivesse saindo do lago, dotado de um salão de festas, um teatro, uma caverna artificial, café, entre outros. Somente em 1907 foi permitida por lei a prática de jogos de azar em spas e balneários.

Apesar de ser uma belíssima construção, o prédio do Casino foi substituído por outro em 1909, sendo formado pelos edifícios que estão no local até hoje. E o período de grandes festas de uma época contada no cinema seguiu até o ano de 1914, quando a Primeira Guerra Mundial pôs um fim abrupto à chamada Belle Époque. Um hospital militar passou a funcionar no mesmo local do Casino, que precisou cessar suas atividades. 

O Casino Enghien-les-Bains hoje 

Após os períodos mais tristes das guerras o Casino Enghien-les-Bains voltou a funcionar, trazendo de volta a tão famosa alegria das noites francesas. No ano de 2005 a construção foi totalmente restaurada e hoje está de portas abertas esperando por sua visita. 

Nele é possível aproveitar todos os dias a sala de jogos, que conta com máquinas caça-níqueis, analógicas, de vídeo e também mesas e vídeo Poker, lembrando que são atividades permitidas apenas para maiores de 18 anos. Além disso, o Casino conta também com jogos de mesa de luxo, salas VIP exclusivas e muita animação, o que pode proporcionar uma experiência inesquecível. 

Logo acima da sala de jogos está o Restaurante Baccara, que permite aos jogadores desfrutar de uma deliciosa refeição tradicional francesa enquanto aprecia toda animação do ambiente. Há no local também dois bares, que servem bebidas de todos os tipos. 

Se você sonha em conhecer um casino de verdade, que guarda todo o glamour da Belle Époque com todo conforto e segurança, consulte os preços da Minha Paris

Neve em Paris: dicas para uma experiência inesquecível!

Ver a Neve em Paris ou em alguma outra região da França é sempre um espetáculo, o que faz com que muitas pessoas sonhem com uma estadia neste período em território francês. O que muita gente não pensa antes de fazer esta escolha é quais as vantagens e desvantagens de se passar um período em uma cidade com neve, o que pode levar a uma experiência desagradável. 

Se você pretende aproveitar a neve em Paris, nós vamos dar algumas dicas de como evitar problemas e ter uma experiência deliciosa e inesquecível. 

Neve em Paris: Vantagens 

Além da beleza de ver a cidade toda coberta de branco, o que aumenta ainda mais o charme do lugar, existem outras vantagens em se visitar Paris em dias mais frios e com neve. Entre os principais podemos destacar:

- Nestes períodos a cidade recebe menos turistas, o que possibilita conhecer melhor a cidade sem ter que ficar disputando espaço com milhares de pessoas em cada lugar. Menos turistas disputando espaço com você; 

- Por ser considerado um período de baixa temporada, as diárias de hotéis ficam mais baratas, o que permite passar um período maior por um preço mais em conta; 

- Aproveitar tudo o que a riquíssima culinária francesa pode oferecer para períodos mais frios. Com isso, passa a ser um ótimo programa sair para ira a um restaurante conhecer novos sabores! 

Desvantagens 

- Dependendo da intensidade, as nevascas podem atrapalhar o bom funcionamento do transporte público; 

Fica também mais perigoso dirigir, tanto para quem vai pegar a estrada quanto para circular dentro da própria cidade; 

- A cidade fica com um ar mais melancólico, apesar de muito charmosa. As mesas dos bares somem das calçadas e não se vê tantos sorrisos nas ruas quanto nos períodos mais quentes; 

- Se você não estiver preparado para o frio é um forte candidato a sofrer bastante. 

Dicas 

- Cuide primeiramente dos seus pés, mantendo-os sempre secos e aquecidos. Invista em calçados impermeáveis ou botas, além das meias de lã ou de algodão; 

- Luvas, gorro e cachecol são itens muito importantes também e, por mais que você resista, não é muito difícil ficar elegante em Paris usando estes acessórios; 

- Observe bem antes de decidir se hospedar em um hotel, pois no frio alguns detalhes podem se tornar grandes problemas. 

Nos períodos mais frios você pode aproveitar os passeios em Paris ou outras regiões da França com todo o conforto e segurança. Veja as opções de passeios e viagens da Minha Paris!

Lido é beleza, requinte e magia para a sua noite em Paris

O Lido é o maior cabaré de Paris e um dos mais importantes do mundo, motivo que o coloca entre os pontos turísticos mais visitados da cidade. Inaugurado em 1946 no número 78 da avenida mais bonita do mundo, a Champs Élysées, foi transferido em 1977 para o número 116 bis, onde está localizado até hoje. Os responsáveis pela criação do Lido foram os irmãos italianos Joseph e Louis Clerico. Foram eles também que inventaram o conceito de jantar-espetáculo, que hoje é copiado em todo o mundo. O Lido nunca deixou de encantar a todos com seus teatros-revistas repletos de plumas, paetês e sonhos.

A trupe do Lido foi criada por Margaret Kelly, que é conhecida como a Miss Bluebell. Atualmente, 42 Bluebell Girls formam a elite das bailarinas de cabaré. Todas elas possuem formação em balé clássico e são selecionadas a dedo, tendo sempre estatura acima de 1,75 m.

Hoje, o Lido se estende por uma área de 7.500 m², com uma sala panorâmica sem colunas que oferece uma visibilidade perfeita para os 1.150 espectadores. Com uma maquinaria única no mundo, o ambiente permite integrar aos espetáculos uma piscina, uma tela de água e uma pista de patinação com gelo de verdade. Entre as apresentações mais importantes da história do cabaré estão a de Shirley MacLaine, O Gordo e o Magro e também Elton John.

A localização privilegiada, o requinte e a beleza dos espetáculos transformaram o Lido em um ponto de encontro de celebridades nacionais e internacionais. Os shows contam com cenários deslumbrantes, figurinos caríssimos, coreografias impecáveis e muita animação, tudo isso aliado aos efeitos de iluminação que contribuem para criar uma atmosfera mágica. O Lido recebe em média mais de meio milhão de visitantes por ano.

Todo este público não vai ao Lido apenas pelos seus shows e espetáculos, mas também pelo fato de que lá está um dos melhores restaurantes de Paris. A requintada cozinha francesa do chef Philippe Lacroix, combinado com um show deslumbrante, vai transformar sua noite de magia em uma festa realmente inesquecível.
A Minha Paris pode levar você até o Lido. Consulte mais detalhes aqui no site e surpreenda-se!

Nuit Blanche de Paris: a arte toma a cidade!

Nuit Blanche de Paris: a arte toma a cidade!

Noite Branca: a Nuit Blanche de Paris - evento cultural que acontece todo o ano e marca a passagem da estação de verão para o outono - começa no próximo sábado, dia 4 de outubro. Para quem está em Paris é a oportunidade de aproveitar este momento único de integração entre a paisagem urbana de uma das cidades mais belas do mundo e diversas manifestações artísticas.

Este ano a Nuit Blanche convida a redescobrir a margem esquerda de Paris, através de um itinerário denominado de a Grande Jornada Artística (Grande Randonnée Artistique - GRA).

Do belo prédio da prefeitura, o l’Hôtel de Ville, até o Panthéon. Da Gare d'Austerlitz até a antiga estação de trem Massena, do Parc Georges Brassens ao Parc André Citroën, passando por Montparnasse e o Hospital Necker, através de um trajeto em círculo. Nestas áreas serão apresentados os projetos criados por quarenta diferentes artistas internacionais, convidados especialmente para a Nuit Blanche.

As apresentações são divididas em "pontos de vista" e os projetos são todos idealizados para o espaço exterior, interagindo com o patrimônio público. Ao longo da rota da GRA as intervenções culturais complementam a paisagem da Nuit Blanche.

Materializada na forma de uma linha azul no chão, ligando os pontos ao longo da rota proposta, a Grande Jornada Artística da Nuit Blanche leva a seis diferentes pontos de vista e é também o caminho mais direto (que leva de 20 a 25 minutos no máximo) para mudar de um ponto de vista para outro, a pé ou de transporte público.
 Para guiar o público, é simples: estão disponíveis guia e mapa GRA nos vários pontos de informação da Time Out Paris. Pegue o mapa, siga a linha e "profite la Nuit Blanche de Paris"!

Alguns destaques da programação:

Tour Montparnasse / Hopital Necker - Enfants Malades / Instituto Nacional de Jovens Cegos (15 e 7ème)
O pequeno triângulo da Torre Montparnasse, Hospital Necker - de atendimento infantil- e do Instituto Nacional para Jovens Cegos, concentrará obras monumentais e imerões apelam paraas "forças" físicas e digitais, ativando a sensorialidade. Um programa sensorial voltado mais especificamente às famílias.

À luz das árvores de Montsouris (14ème)
Pulmão verde no coração da cidade, os parques e jardins de Paris muitas vezes oferecem uma paisagem tranquila do encontro entre o homem e a natureza, sendo as árvores grandes testemunhas. E se a noite, por alguns alquimistas benevolentes, venham iluminar a nossa imaginação!?

Les futurs composés : Prefeitura / BHV (4ème)
Entre o natural e o sobrenatural, os artistas Tsai Ming-liang, Hicham Berrada e Motoi Yamamoto sugerem novos mundos, através de suas obras, e convidam-nos a comtemplar essas horizontes à medida que se preparam para um ritmo urbano.
Toda a programação pode ser encontrada, em francês, no site da prefeitura de Paris.