5 dicas para apreciar o por do sol em Paris

Quem nunca sonhou em ver um por do sol em Paris? Uma das vantagens de visitar a Cidade Luz no verão é a possibilidade de aproveitar melhor o dia, que conta com a luz solar por mais tempo, e poder assistir o sol se por em diversos lugares, cada um mais lindo que o outro.

Se você está vindo à Paris e quer encontrar um lugar legal para assistir ao por do sol, separamos para você os mais procurados, o que pode te ajudar a não perder este espetáculo por nada. Vale lembrar que a Minha Paris leva você para conhecer toda a Cidade Luz com conforto e segurança. Veja agora a lista com os 5 melhores lugares para ver o sol se por!

Por do sol em Paris

Fazendo um piquenique nas margens esquerdas do rio Sena. Vale lembrar que é preciso ficar antes da Pont Alexandre III, para que você possa ver o sol se por atrás dela.

Em um passeio de bike no centro de Paris, onde você pode ver o por do sol atrás da Catedral de Notre Dame, admirando em seguida a Torre Eiffel iluminada.

Durante um jantar no terraço do restaurante L’oiseu Blanc, que fica no Hotel Peninsula. No verão são instaladas mesas na cobertura, ao ar livre, o que promove uma vista inigualável para a Torre Eiffel.

No Parque de Belleville, que fica no 20° arrondissement de Paris. O melhor deste local é que ele é bem menos concorrido do que o Montmartre, com uma vista tão bonita quanto.

Da Torre Montparnasse, que é bem mais barato e simples de conseguir do que na Torre Eiffel. Por ser muito alto, o prédio promove uma vista completa da cidade, sendo um lugar excelente para tirar belas fotos do por do sol em Paris.

Bastille: muito além da praça

Se você pensa que a Bastilha (Bastille) é apenas a praça e seu entorno, certamente está muito enganado. Toda a região é merecedora de uma visita detalhada, pois apesar de ser muito popular, é culturalmente riquíssimo. Você não vai se arrepender ao fazer uma visitinha mais detalhada.

Apesar de que a praça da Bastille ser o ponto principal, o próprio nome faz referência a uma importante região parisiense, que engloba várias outras sub-regiões de igual destaque. Ela está localizada principalmente no 11 ème distrito (arrondissement) de Paris, contando também com a Place de la Bastille, que é a maior referência.

Conhecendo a Bastille

A Bastille vem se tornando um local mais “descolado” ou “fashion” nos últimos anos, mas nunca deixa de ser um espaço frequentado por pessoas consideradas “menos afortunadas”. Foi por este aspecto, inclusive, que a região ganhou notoriedade. Recentemente a praça foi a escolhida para a principal manifestação conta as mortes dos cartunistas do jornal Charlie Hebdo, que marcou pelo bordão “Je suis Charlie”.

São dois os monumentos considerados principais da Bastilha, que vamos explicar agora. O primeiro é a Opéra Bastille, que foi construída durante o mandato de François Mitterand e possui uma excelente acústica, além de um dispositivo de tradução simultânea projetado em uma tela colocada bem ao lado do palco. A outra é a Colonne de Juillet, que está situada bem no centro da praça e onde estão enterrados alguns combatentes patrióticos, além de algumas múmias egípcias que foram perdidas na Europa.

O que torna a região bem mais popular são os inúmeros bares e restaurantes, que completam o charme e ainda são ótimas opções para comemorar com os amigos ou relaxar após um dia cansativo. Vale lembrar também que a região recebe uma feira que se tornou uma tradição e que acontece no boulevard Richard Lenoir todas as quintas e domingos, entre 7h até 13h. Lá você pode encontrar muitas coisas interessantes e também produtos mais exóticos.

Outros dois pontos que merecem a visita: o Mercado Aligre, que é um mercado coberto chamado Marché Beauvau e que fica na praça Aligre; e o Porto fluvial de Paris, de onde saem os passeios de barco pelo Canal Saint Martin.

Não se esqueça de que a Minha Paris leva você para conhecer os melhores pontos turísticos de Paris com todo conforto e segurança!

Um alívio na sede: a beleza das fontes de água potável de Paris

As fontes de água potável de Paris são mais do que simplesmente uma utilidade para quem está passeando pela Cidade Luz, muitas delas trazem também muita beleza e charme, o que combina muito com a própria história da capital francesa. Ao todo são aproximadamente 120 fontes de água potável, espalhadas pelos 20 arrondissements. E você pode beber a água sem medo algum, pois há um controle rigoroso e quase diário da qualidade.

Fontes de água potável em Paris

Foi na idade média que as fontes de água potável começaram a ser construídas na capital francesa, pois naquela época não havia uma rede de distribuição tão eficaz como a atual. Era uma necessidade da época, pois quase ninguém tinha água encanada em casa e precisava ir até uma destas fontes para beber e fazer as coisas do dia a dia. Neste período as fontes eram abastecidas por aquedutos ou mesmo desviadas do rio Sena ou pequenos riachos.

Hoje você pode encontrar estas fontes em locais bem conhecidos, em pontos turísticos de destaque da cidade. Alguns exemplos são na Prefeitura de Paris (Hôtel de Ville), Catedral de Notre Dame, Louvre, Jardin de Luxembourg, Jardins de Tuilleries, Montmartre (Sacre-Coeur), e também perto da Torre Eiffel. Cada uma guarda sua particularidade, umas em forma de torneirinha, outras mais estilosas. Não há dúvidas que as mais belas são as conhecidas "Fontaines Wallace", que são aquelas em forma de estátuas, várias delas do século XVIII.

Vale lembrar que em 2010 a prefeitura de Paris iniciou um projeto para implantar fontes de água com gás por toda a cidade. Atualmente já existem 6, nas quais você pode beber gratuitamente o quanto quiser. Os endereços são: na entrada do Parc André Citroën; no Jardim d'Eoli; nas Berges do Seine; no Parc Martin Luther King, no Jardin de Reuilly e a mais nova fica na rue Neuve-Tolbiac, no número 19 (próximo à Biblioteca Nacional).  Se você quiser saber onde estão as fontes pode clicar aqui neste mapa.

Aproveite para conhecer todos estes pontos turísticos com a Minha Paris, com todo conforto e segurança.

Uma viagem na história em Fontainebleau e Barbizon

Se tem um destino que não pode faltar em uma visita à região parisiense é o Castelo de Fontainebleau, aproveitando para conhecer a deliciosa cidade de Barbizon. Localizados a 70 km da capital francesa, o Chateau Royal de Fontainebleau é um dos maiores castelos reais da França, sendo também o preferido de Napoleão Bonaparte. Já Barbizon é uma cidadezinha muito charmosa, conhecida como o local que antecedeu o impressionismo (marcado por artistas como Claude Monet). Saiba um pouco mais sobre o Castelo de Fontainebleau e Barbizon e não deixe de fazer uma visita! 

Castelo de Fontainebleau e Barbizon 

Localizado na cidade de mesmo nome, o castelo é o resultado de diversas intervenções arquitetônicas e artísticas de monarcas que lá residiram entre os séculos XII e XIX, de Francisco 1° até Napoleão III. Não há dúvidas de que conhecer o Castelo de Fontainebleau é fazer uma verdadeira viagem na história, descobrindo mais detalhes de como era a vida de diversos reis e rainhas da França. O acervo dispõe de diversos objetos e móveis das mais variadas épocas dos nobres que ali viveram. 

Em relação à arquitetura, a estrutura atual do palácio reflete as intervenções feitas por estes monarcas franceses, partindo é claro da estrutura inicial idealizada por Francisco I. O edifício principal estende-se em volta de uma série de pátios, tendo sido habitado regularmente durante aproximadamente 8 séculos. Foi o próprio palácio que deu origem à escola de Fontainebleau, que foi um movimento dominante da criação artística francesa até meados do século XVII. 

Barbizon é considerado como um lugar mítico que antecedeu o impressionismo na França. Cidade pequena e charmosa, ela foi construída em um bosque que ficava nos arredores do Castelo de Fontainebleau. Comuna intrinsicamente ligada às artes, Barbizon é conhecida como “a cidade dos pintores”. Suas ruelas estão repletas de galerias de arte, artistas e pessoas que amam esta forma de expressão artística. É um dos mais comuns destinos turísticos entre os parisienses que buscam de tranquilidade e lazer.

Você pode conhecer Fontainebleu e Barbizon com todo conforto e segurança com a Minha Paris. Conheça nossos serviços e aproveite o melhor de Paris e região!

Normandia: lugar de história e belezas ímpares

A Normandia é sem dúvidas uma das regiões mais belas de toda a França, o que muitas vezes pode ficar um pouco ofuscado pelo clima mais frio. Mas são inúmeras as suas belezas naturais e lugares históricos que podem ser visitados lá, com a possibilidade de se preparar os roteiros mais diversos. Foi lá que se passou o chamado Dia D, data em que aconteceu o desembarque das tropas aliadas na Segunda Guerra Mundial em 1944. 

Se você não conhece bem a região da Normandia, conheça alguns lugares obrigatórios para visita. 

Normandia

O Memoria de Caen, que é um museu sensacional, que conta de maneira esplêndida a Segunda Guerra Mundial, mostrando o antes, durante e depois. É a possibilidade de viver uma experiência histórica única, com acesso a filmes, fotografias e itens históricos da época (como aviões, tanques, armas e uniformes) que ajudam, explicando todo o contexto do conflito. 

Na mesma cidade você aproveita para conhecer o Château de Caen, castelo que fica na região central da cidade (capital administrativa da chamada Baixa Normandia). Ele foi construído ainda no século XI e é considerado um dos maiores e mais bem-preservados castelos de toda a Europa. 

As Praias do Desembarque (debarquemént), são vários os pontos onde aconteceram e a maioria ainda têm alguns resquícios dos navios e portos artificiais da guerra. As principais são: Omaha (onde fica o Cemitério Americano), Utah, Gold Beach, Juno e Sword Beach. Lá você também pode conhecer bunkers (como em Point du Hoc) e Arromanches-Les-Bain (Gold), praia que possui os portos artificiais mais bem conservados.

Já Deauville é sem dúvidas a cidade mais charmosa, com suas construções lindas em frente à praia. É lá também que está instalado o cassino mais famoso da região, aberto ainda no século XIX. Sua vizinha Trouville completa a visita, que conta com um comércio variado e ótimos restaurantes.

Honfleur é uma cidade portuária cujo encanto e paisagens inspiraram diversos pintores impressionistas. Inclusive, foi lá mesmo que foi fundada a Escola Impressionista, que contou com Claude Monet, Eugéne Boudin e William Turner.

Não podemos nos esquecer do Mont Saint-Michel, que é o segundo lugar mais visitado na França, perdendo apenas para Paris, e do qual já falamos aqui. Sem dúvidas ele dispensa comentários.

Lembrando que você pode visitar toda a Normandia e as demais regiões francesas com a Minha Paris. Conheça nossos serviços e conheça a França com todo o conforto e segurança!

 

Parques temáticos: visite a Disney e o Parque Asterix

Se você pensa que visitar paris é apenas para adultos não conhece nada da região parisiense. São muitos os atrativos para encantar pessoas de todas as idades, entre eles podemos destacar os parques temáticos Disney e Asterix. Não venha dizer que isso é programa de criança, pois ele recebe cada vez mais adultos que querem reviver um pedacinho da sua infância, dos desenhos animados de Walt Disney e das aventuras dos Gauleses Asterix e Obelix. 

Parques temáticos 

A Disneyland Paris, também conhecido como Eurodisney, é um parque temático do grupo Disney, que está situado na região de Marne-la-Vallée, cerca de 30 quilômetros ao leste de Paris, no departamento Seine-et-Marne. Ele foi criado em 1992 e já recebeu mais de 250 milhões de visitantes, se tornando o destino turístico mais visitado da Europa. 

Os parques da Disneyland Paris possuem atrativos tanto para as crianças quanto para os adultos. Ao todo, a Eurodisney conta com dois parques de diversões (Parque Disneyland e Parque Walt Disney Studios) quatorze hotéis, três campos de golfe de nove buracos e a Disney Village, que é um lugar de diversão único que contém muitos restaurantes, bares e lojas.

Já o Parque Asterix (Parc Asterix, em francês) é um parque de diversões temático, situado em Plailly, na região do Oise, que fica 30 km ao norte de Paris. É sem dúvidas um lugar para relembrar a infância e fazer as crianças sonharem com o universo de Asterix e Obelix, personagens gauleses que se tornaram conhecidos por várias gerações de brasileiros através de quadrinhos, filmes e desenhos animados. 

As atrações do Parque Asterix buscam reproduzir as aventuras de Asterix e seu amigo Obelix, heróis da revista em quadrinhos Asterix, criada em 1959 pelos franceses Albert Uderzo e René Goscinny. É a revista em quadrinhos europeia mais conhecida do mundo, com mais de 350 milhões de unidades vendidas e traduzida em 127 línguas. 

O Parque Asterix disponibiliza diversos cenários temáticos, que levam o público a uma intensa viagem no tempo. São ao todo 31 atrações e brinquedos, sendo que uma boa parte está reservada para as crianças menores. 

Se você quer conhecer e se divertir nestes parques temáticos não deixe de consultar nossos serviços. A Minha Paris leva você e sua família com todo conforto e segurança até estes atrativos, deixando para vocês apenas uma tarefa: a diversão!

O que fazer no calor em Paris?

É uma grande verdade que a imagem de Paris está ligada ao glamour dos dias frios, dos casacos de pele e de todo o charme da cidade mais linda do mundo. Mas pouco se fala dos dias de calor, quando as temperaturas ultrapassam os 30 graus e transforma a Cidade Luz em sauna. Se você virá à Paris no verão, nãos e desespere: tem muita coisa para fazer e se divertir ainda que a temperatura esteja lá em cima. 

A primeira coisa que se tem a favor é que os dias ficam mais longos, com o sol nascendo por volta das 6h30 da manhã e se pondo em torno das 22hs. O que isso significa? Muito mais tempo para apreciar a beleza de Paris! Além disso, o fato de usar roupas mais leves dá muito mais disposição para caminhar e conhecer cada canto da cidade. 

O que fazer no calor em Paris? 

Quem disse que Paris não tem praia? A “Paris Plage” funciona durante boa parte do verão e é uma ótima opção para quem quer se refrescar e curtir um clima praiano às margens do rio Seine. Ela fica sempre à margem direita do rio, entre a Pont des Arts e a Pont de Sully, ou então na Bassin de la Vilette, no Quai de la Loire. 

Fazer um piquenique ao entardecer aos pés da torre Eiffel ou em algum outro parque é sem dúvidas uma ótima pedida para enfrentar o calor. Se no Brasil é considerado “farofa”, em Paris é o que há de mais normal, tanto para turistas quanto para moradores da cidade. A única ressalva é olhar antes o horário de fechamento do parque, para não ficar na mão depois.

Neste período acontecem diversos cursos de dança gratuitos às margens do rio Sena, o que é um convite mais do que justo para quem gosta de dançar e se divertir! 

Outra grande tradição da cidade no verão são os peniches, que são barcos estacionados à margem esquerda do Sena, em frente à Bibliothèque Nationale de France. A vantagem é o clima mais úmido e o fato de serem afastados do barulho do centro.

Toda a região do Canal Saint-Martin também se destaca neste período mais quente, sendo considerada uma das áreas mais descoladas da cidade. São diversas atividades disponíveis lá para adultos e crianças, o que vale a pena conferir. 

Esqueça o metrô e os ônibus e alugue uma Velib’, sistema de transporte público de bicicletas de Paris. Qualquer pessoa pode alugar e conhecer a cidade sobre duas rodas.

Não podemos deixar de falar dos bosques da cidade, o que é sem dúvidas um dos melhores programas para os dias quentes. O Bois de Boulogne e o Bois de Vincennes são belíssimos e você vai se refrescar bastante em meio à natureza.

Não se esqueça de que a Minha Paris leva você para todos os atrativos de Paris e região com todo conforto e segurança (e ar condicionado!). Conheça nossos serviços!

Soldes em Paris: saiba comprar com desconto | Minha Paris

No dia 24 de junho começam os soldes em Paris, um dos momentos mais esperados pelos moradores da capital francesa. Mas não são apenas os que moram na Cidade Luz e região que aproveitam este momento para comprar produtos com descontos especiais. Os turistas que estiverem em Paris no período que vai até o dia 04 de agosto também participam desta festa.

O Solde de verão (antes do período mais frio tem outro, o de inverno) é o momento em que todas as lojas remarcam os preços e dão descontos que podem chegar até 70/80% em diversos produtos. É o momento de comprar roupas, sapatos, perfumes e cosméticos (com menor frequência), materiais esportivos, entre outros. Se você vem à Paris neste período, veja nossas dicas para aproveitar melhor sem estresse!

Soldes em Paris

Ir no primeiro dia é um pouco mais estressante, pois todas as pessoas querem encontrar maior variedade, mas é o melhor dia para comprar os produtos que você tanto quer. Cabe a você decidir o que é melhor para você, se enfrenta as lojas cheias ou vai nos dias que seguem para ter tranquilidade. É bom se organizar antes também, definindo o que pretende comprar, ainda que seja de maneira mais genérica.

Comprar pela internet pode ser uma ótima ideia, mas fique atento ao prazo de entrega. Em algumas lojas é possível comprar e pegar em um dos estabelecimentos da rede, o que facilita bastante.

Para quem é turista e não vai ficar muito tempo na cidade é importante ficar atento à possibilidade de troca. Experimente a roupa e teste os equipamentos que comprar, pois senão depois corre o risco de ficar com algo sem utilidade e sem ter como reaver o dinheiro que gastou.

Você pode aproveitar o período de soldes para conhecer o site da Outlet Amigo, que tem diversos produtos com preços incríveis, além de se inscrever no site papa-cash.com e conseguir descontos em diversos estabelecimentos. São empresas confiáveis e que fazem parte do grupo Minha Paris. Você não vai se arrepender!

Giverny: uma imersão nas obras de Claude Monet

Giverny é uma cidade pitoresca, situada a 70 km de Paris, no caminho para a Normandia. A vila tornou-se famosa por abrigar a casa (hoje museu) onde viveu o pintor Francês Claude Monet. Foi neste cenário, que conta também com um jardim perfumado ao redor de um lago que o pintor se inspirou para a criação se suas principais obras. 

Sua famosa série de quadros, conhecida como Lírios d'Água, retrata exatamente as belíssimas paisagens deste local. O passeio começa pela Casa-Museu de Claude Monet e em seguida caminhe por seu jardim pitoresco. Você vai se maravilhar! Visitar o Museu do Impressionismo em Giverny é também indispensável para quem gosta de arte e se interessa pela obra de Monet. A Casa-museu está aberta ao público de abril a outubro. 

Giverny é um sucesso 

A cidade onde Claude Monet morou e pintou os mais importantes quadros, como as famosas ninfeias, já é um grande atrativo para turistas de todo o mundo. O local recebe aproximadamente 600 mil pessoas a cada ano e impressiona a todos por sua beleza. Se você estiver em Paris não pode deixar de conhecer esta este lugar que, além da beleza, possui também uma enorme importância histórica.

É possível chegar até a cidade utilizando o transporte público, o que levará em torno de 1h, dependendo de onde você estiver hospedado em Paris. Por isso muitas pessoas optam pela contratação de serviços de empresas especializadas em turismo na região parisiense, o que é garantia de conforto e segurança.

A Minha Paris oferece passeios exclusivos para Giverny, com motoristas que falam português e ajudam você a compreender melhor a importância de cada lugar. Além disso, você pode conhecer com a gente outros atrativos de Paris e todas as regiões francesas conosco. Saiba quais são os nossos serviços e aproveite já toda a beleza da França!

Roteiros de bicicleta: pedalando em Paris no verão

Se você gosta de andar de bicicleta em dias quentes vai adorar fazer passeios por Paris neste período que se aproxima. O clima está cada vez mais agradável, o que já é por si só um convite para conhecer melhor a cidade Luz pedalando. Ciclofaixas já cortam a cidade por todos os lados, o que torna ainda mais seguro e agradável para turistas e pessoas que não conhecem bem a cidade. 

Roteiros de bicicleta 

Você vai conhecer agora os melhores roteiros para fazer de bicicleta em Paris. Com certeza serão inesquecíveis. Lembrando que você pode alugar bicicletas por toda cidade por meio do Velib.

Um dos roteiros mais conhecidos é o que atravessa o cais do Sena, passando em seguida pela Place de la Concorde e chegando até a Île de la Cité. Não é tão longo, mas passa por lindas paisagens. 

Se você gostar de pedalar a beira d’água, uma ótima opção é começar próximo à Place de la Bastille, atravessando o Canal Saint-Martin, em seguida o Canal de Ourcq, chegando ao belíssimo Jardin de la Villette. Se você preferir poderá continuar seu passeio para espaços que estão fora de Paris também. Vale lembrar que neste roteiro há alguns trechos um pouco mais íngremes.

É possível conhecer belas paisagens da Cidade Luz em um passeio de bicicleta pelos bairros ao norte de Paris, que pode começar no delicioso Parc Monceau, chegando até a Place de Stalingrad. Nele você vai atravessar o chique 17º arrondissement, passando pelo bairro de Pigalle (que fica aos pés de Montmartre), chegando em seguida ao pelo bairro de Barbès. O Melhor é que você poderá complementar com o passeio anterior, pois estão na mesma região. 

Já na parte sul de Paris é possível descobrir a variedade de bairros e monumentos lindíssimos que ela possui, começando pela Tour Montparnasse e chegando até a Torre Eiffel. Neste roteiro você deve passar pela parte sul do cais do Sena (Rive Gauche), seguindo depois pelo lendário Boulevard Saint-Germain. 

Outra opção de passeio mais de contemplação da natureza é o que começa pela Coulée verte, no 12º arrondissement, passando pelo Jardin de Reuilly e chegando ao lago Daumesnil. Você pode encerrar este roteiro no belíssimo Bois de Vincennes. 

Lembre-se sempre que a Minha Paris possui diversos serviços e passeios que levam você a conhecer o melhor da Cidade Luz!