Veja algumas dicas sobre a culinária francesa

Não há dúvidas de que um dos maiores prazeres que se pode ter em uma viagem e experimentar de maneira mais intensa a culinária local. Principalmente se se tratam de características tão diferentes entre as do seu país de origem e o que você está visitando. Por isso, vamos destacar as delícias da gastronomia francesa, dividindo por pratos específicos de algumas regiões. Vale lembrar que o que se come em Paris é parte de uma culinária que aproveita o melhor de cada região. 

Gastronomia francesa 

Alsácia
Principais cidades: Ribeauvillé, Riquewihr, Eguisheim, Colmar, Strasbourg, Kaisersberg. No caso desta região, a gastronomia sofreu grande influência alemã e seus pratos são bastante pesados, ideais para os meses frios. O destaque é o flammekueche, uma torta salgada preparada com creme de leite, queijo ralado, cebola e bacon. 

Outras receitas: choucroute, baeckeoffe (prato a base de batatas, carnes e legumes, especiarias e vinhos branco), knack (salsicha de Strasbourg feita com porco e vaca), a sobremesa chamada kouglof ou kougelhopf (brioche com passas e rum ou kitsch). 

Bretanha 

As principais cidades são Saint Malo, Cap Fréhel, as falaises de Plouha, a ilha de Bréhat, Ploumanach. Os destaques são os crepes salgados, mais conhecidos como galette. 

Outras receitas: plateaux de frutos do mar, principalmente as ostras, mexilhões (moules), caranguejos, vieiras (coquilles saint jacques), salsichas de algas e patês de sardinha (rilletes de sardine). Além disso, o pernil de cordeiro de Bréhat e os queijos (trappiste, curé nantais, tome de campénéac, chandamour, petit béret) também merecem destaque.

Normandia 

A região se destaca pela produção de derivados do leite, como queijos, cremes, etc. e da cidra. O destaque da culinária são os pratos à base do chamado Cordeiros de pré-salé.

Outras receitas: queijos camembert, pavé d’Auge, pont l’Evêque, livarot, carré de Bray, neufchâtel; pernil de cordeiro (gigot d’agneu du pré-salé); boudin blanc (salsicha feita de carne branca) de Essay, boudin noir (embutido feito com sangue de porco) de Mortagne, além da cidre e calvados.

A riquíssima culinária francesa oferece tudo isso e muito mais. Aos poucos vamos dando mais dicas do que comer para mergulhar na cultura francesa pelos sabores. Vale lembrar que todos estes lugares você pode visitar com a Minha Paris, com todo conforto e segurança.

Giverny: uma imersão nas obras de Claude Monet

Giverny é uma cidade pitoresca, situada a 70 km de Paris, no caminho para a Normandia. A vila tornou-se famosa por abrigar a casa (hoje museu) onde viveu o pintor Francês Claude Monet. Foi neste cenário, que conta também com um jardim perfumado ao redor de um lago que o pintor se inspirou para a criação se suas principais obras. 

Sua famosa série de quadros, conhecida como Lírios d'Água, retrata exatamente as belíssimas paisagens deste local. O passeio começa pela Casa-Museu de Claude Monet e em seguida caminhe por seu jardim pitoresco. Você vai se maravilhar! Visitar o Museu do Impressionismo em Giverny é também indispensável para quem gosta de arte e se interessa pela obra de Monet. A Casa-museu está aberta ao público de abril a outubro. 

Giverny é um sucesso 

A cidade onde Claude Monet morou e pintou os mais importantes quadros, como as famosas ninfeias, já é um grande atrativo para turistas de todo o mundo. O local recebe aproximadamente 600 mil pessoas a cada ano e impressiona a todos por sua beleza. Se você estiver em Paris não pode deixar de conhecer esta este lugar que, além da beleza, possui também uma enorme importância histórica.

É possível chegar até a cidade utilizando o transporte público, o que levará em torno de 1h, dependendo de onde você estiver hospedado em Paris. Por isso muitas pessoas optam pela contratação de serviços de empresas especializadas em turismo na região parisiense, o que é garantia de conforto e segurança.

A Minha Paris oferece passeios exclusivos para Giverny, com motoristas que falam português e ajudam você a compreender melhor a importância de cada lugar. Além disso, você pode conhecer com a gente outros atrativos de Paris e todas as regiões francesas conosco. Saiba quais são os nossos serviços e aproveite já toda a beleza da França!

Passeio de barco em Paris: um jantar inesquecível!

Se o rio Seine (rio Sena) é também um dos principais símbolos da Cidade Luz, você não pode ir até lá sem reservar uma noite para um jantar durante um passeio de barco em Paris. Seja para viver um momento romântico com quem você ama, com a família ou amigos, não importa. Será uma experiência inesquecível! 

O passeio durante o dia é lindo também, principalmente se o tempo estiver bom. Você terá garantida uma boa sequência de fotos e muitas recordações de tudo o que está no entorno do rio. Mas à noite, com toda a iluminação, Paris fica ainda mais charmosa e deslumbrante. O passeio poderá ser acompanhado com um jantar delicioso, com a possibilidade de experimentar a culinária francesa (não são todos os barcos que oferecem este serviço). 

Opções de passeios de barco em Paris 

O Bateaux-Mouches oferece mini cruzeiros noturnos e diurnos com preços a partir de 10€, valor que será maior caso você opte por almoçar ou jantar no barco. As saídas acontecem na Pont de l’Alma, que bem fica próxima à Torre Eiffel (metrô estação Alma-Marceau ou RER estação Ponte de l’Alma). 

As Vedettes de Paris são cruzeiros que também têm as saídas próximas à Torre Eiffel, oferecendo tours simples de 1h, mini cruzeiros com refeição ou degustação de champagne, com preços a partir de 11€. 

Existem outras empresas que são menos conhecidas, mas que também oferecem bons serviços e podem ser uma boa opção. São os Bateaux parisiense

Batobus, que oferece um forfait diário a 12 €, no qual você pode pegar os barcos em vários trajetos com este preço único. 

Canauxrama e Paris Canal, que dão a possibilidade de embarcar também nos rios e canais que são afluentes do Sena, como o canal Saint-Martin, canal Saint-Denis, o Marne, entre outros. 

Yachts de Paris, que disponibiliza uma frota de embarcações com iates de luxo, possibilitando um passeio mais sofisticado, com uma programação variada. 

O mais importante é ficar atento ao que cada um deles oferece e ver o que mais se encaixa nos seus planos e desejos. O que você não pode esquecer é que a Minha Paris leva você a todos os pontos turísticos de Paris com todo conforto e segurança!

Pont des Arts e os milhares de cadeados do amor

A Pont des Arts (Ponte das Artes) está localizada bem pertinho do museu do Louvre, ao lado da Pont Neuf. Ela foi construída entre 1802 e 1804, mas precisou ser totalmente reformada entre 1981 e 1984. Desde então se tornou um dos grandes pontos de visitas da cidade, pela beleza que possui, pela paisagem do lugar e, é claro, pelos casais apaixonados que vêm à Paris para selar seu amor colocando um cadeado na ponte.

Mas isso não acontece por acaso. Existe uma lenda que diz que quando o casal prende seu cadeado na ponte e depois joga as chaves no rio, a união durará para sempre. Alguns relatos dão conta de que o costume teve origem na china, mas que foi trazido para a Cidade Luz há algumas décadas. Não é possível saber ao certo se funciona, mas uma coisa fica evidente: tem muita gente querendo que o relacionamento seja eterno, basta olhar nos milhares de cadeados presos à Pont des Arts! 

Há algum tempo a prefeitura de Paris demonstrou certa preocupação com a colocação dos cadeados na ponte, pois os mesmo estavam gerando um sobrepeso que poderia danificar a estrutura e comprometer sua estabilidade. Com isso, estão sendo estudadas diversas formas de contornar os problemas, sem mudar o que já virou tradição. 

Não é atoa que Paris é considerada a cidade mais romântica do mundo, se tornando destino comum entre casais apaixonados e recém-casados em lua de mel. A cidade proporciona este e outros roteiros que são um verdadeiro incentivo ao amor, por isso se torna cada vez mais referência. 

Se você procura acender ou manter ainda mais viva a chama do amor em sua relação, não deixe de fazer uma visitinha à Paris. A Cidade Luz é o lugar ideal para que seu relacionamento se fortaleça, independentemente se você acredita ou não na lenda da Pont des Arts. Vale lembrar que você pode fazer este e outros passeios com todo o conforto e segurança com a Minha Paris